Vivendo do Ócio

Evolução

Vivendo do Ócio

Sou uma ideia solta em mil pensamentos
Sou a roda contra o tempo
Sou uma mentira contando uma verdade
Eu sou a fumaça gerando grana
Laçando os corpos dos que revezam
Para interesses de apenas alguns

Essa evolução me mata
Sou a peça de um quebra cabeças
O soldado que volta pra casa
Essa evolução sempre me mata
Sou a guerra pela ambição
Sou mais rápido que o seu sorriso

Sou um prédio esquecido no centro
Planta cresce no cimento
A cada clique um adeus à liberdade
Eu sou a fumaça gerando grana
Laçando os corpos dos que revezam
Para interesses de apenas alguns

Essa evolução me mata
Sou a peça de um quebra cabeças
O soldado que volta pra casa
Essa evolução sempre me mata
Sou a guerra pela ambição
Sou mais rápido que o seu sorriso
publicidade