Vivendo do Ócio

O Amor Passa no Teste

Vivendo do Ócio

Ninguém sabe se o quinteto vida, sorte, rua, vento e o amor
O amor passa no teste
Mas o trajeto é sofrido
E só quem paga o pato confere
O amor passa no teste
O amor passa no teste

Com bola murcha vindo ao ar
Sem tirar os pés do lugar

Flor nasce além do jardim e conta tudo pra mim
Não há dia ruim que uma brisa não possa melhorar

Veja de óculos escuros
E mande o bobo chegar lá que a vida
A vida ensina
Mandando ir ver se eu tô lá na esquina

Com bola murcha vindo ao ar
Sem tirar os pés do lugar

Flor nasce além do jardim e conta tudo pra mim
Não há dia ruim que uma brisa não possa melhorar
publicidade