foto

Quem é Você Agora

Teixeirinha

Eu não esperava que você chegasse ao ponto que chegou
Desemcabeçada pelo vagabundo que te carregou
Também apoiada pelos cafagestes que não te criou
Depois de ser gente a mulher decente as origens voltou
Eu em sua vida te juro que fui um bilhete premiado
Por que há muitos anos eu lhe retirei de um rancho esfarrapado
Te trouxe comigo enfeitei teu corpo que era amarrotado
Te matei a fome e te dei um nome distinto e honrado
Formamos um par querido de todos pelo mundo afora
Sem papel casamos em nome de deus e nossa senhora
Lhe tornei esposa desse homem honesto que lhe canta agora
Lhe dei o perfil de uma miss brasil bonita por fora
És feia por dentro porque acumulas mentira e maldade
Herdasde ao nascer na cama humilde da natalidade
Tentei corrigir todos seus defeitos toda falsidade
Fiz tudo porque prá chamar você mulher de verdade
Em troca de tudo que fiz pro você recebi o mal
Fugiste de mim quando eu me encontrava naquele hospital
Robou os meus filhos que eu amava e amo mulher desleal
Você me judiou, mas não derrubou a minha moral
Mulher eu não nego você foi alguém que mais amei na vida
A prova está aí no meu coração abriste uma ferida
Resta a cicatriz porque não esqueço a filhinha querida
E o filho adorado tem um pai honrado e uma mãe perdida.
publicidade