Joanna

Tentação

Joanna

Me mostra o teu outro lado
Me encosta de encontro à parede
Me assanha do jeito que eu gosto
E que nunca ousei me sentir
Mostra a face oculta
Que não se oculta
Quando se deseja o desejo
Me despe num beijo
Como se faz com a outra
Que nunca se acanha de nada
Tirando o prazer que mereço
Seja viril para nós
Que serás muito mais para mim
Quem sabe subindo as paredes
eu vou saciar nossa sede
Se gostar, repita sempre a dose
Que amar não satisfaz num gole
Se embriagar livremente a vontade
Que nunca faltou
Talvez assim que se sente
O verdadeiro amor
publicidade