O Silêncio Dos Inocentes

Zé Ramalho

Eu quero que você se aproxime
Do meu peito, do meu lado
E sinta o tremor que me sacode
Quando estou iluminado
É o clarão dos aviões, dos animais
Das perdidas inocências
Das primeiras confidencias
Das segundas intenções

Eu quero que você não interrompa
Quando o beijo está colado
Mas ponha sua mão na escuridão
Desse corpo já tomado
É a razão dessa manhã, desse cristal
Do silêncio dos inocentes
Combinando com a gente
Condenando a solidão

Quanto mais ousamos
É diferente
Quando penetramos
É profundamente no amor
É profundamente no amor
É profundamente


Envie essa música para um amigo

Album: O Gosto da Criação (2002)
Gravadora:
Ano: 2002
Faixa: 5
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Chão De Giz
  • 02 Sinônimos (Ao Vivo)
  • 03 Entre A Serpente E A Estrela
  • 04 Garoto de Aluguel
  • 05 Falido Transatlântico
  • 06 Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores
  • 07 Planeta Água
  • 08 O Que É O Que É
  • 09 A Noite Preta
  • 10 Kriptonia