Garoto de Aluguel

Zé Ramalho

Baby!
Dê-me seu dinheiro
Que eu quero viver
Dê-me seu relógio
Que eu quero saber
Quanto tempo falta
Para eu lhe esquecer
Quanto vale um homem
Para amar você...

Minha profissão
É suja e vulgar
Quero um pagamento
Para me deitar
E junto com você
Estrangular meu riso
Dê-me seu amor
Dele não preciso...

Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh!
Oooooooooh!

Baby!
Nossa relação
Acaba-se assim
Como um caramelo
Que chegasse ao fim
Na boca vermelha
De uma dama louca
Pague meu dinheiro
E vista sua roupa...

Deixe a porta aberta
Quando for saindo
Você vai chorando
E eu fico sorrindo
Conte pr'as amigas
Que tudo foi mal
(Tudo foi mal!)
Nada me preocupa
De um marginal...

Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh!
Oooooooooh!

Baby!
Dê-me seu dinheiro
Que eu quero viver
Dê-me seu relógio
Que eu quero saber
Quanto tempo falta
Para lhe esquecer
Quanto vale um homem
Para amar você...

Minha profissão
É suja e vulgar
Quero um pagamento
Para me deitar
E junto com você
Estrangular meu riso
Dê-me seu amor
Que dele não preciso...

Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh!
Oooooooooh!

Baby!
Nossa relação
Acaba-se assim
Como um caramelo
Que chegasse ao fim
Na boca vermelha
De uma dama louca
Pague meu dinheiro
E vista sua roupa...

Deixe a porta aberta
Quando for saindo
Você vai chorando
E eu fico sorrindo
(Vá!)
Conte pr'as amigas
Que tudo foi mal
(Tudo foi mal!)
Nada me preocupa
De um marginal...

Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh!
Oooooooooh!
Oooooooooh!


Envie essa música para um amigo

Album: 20 Anos Antologia Acústica (2002)
Gravadora:
Ano: 2002
Faixa: 8
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Chão De Giz
  • 02 Sinônimos (Ao Vivo)
  • 03 Entre A Serpente E A Estrela
  • 04 Cidadão
  • 05 Admiravel Gado Novo
  • 06 Avohai
  • 07 Batendo Na Porta do Céu
  • 08 Caçador De Mim
  • 09 Hino Nordestino
  • 10 Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores