Batendo Na Porta do Céu

Zé Ramalho

Uh! Uh! Uh! Uh!
Uh! Uh! Uh! Uh!

Mãe!
Tire o distintivo de mim
Que eu não posso mais usá-lo
Está escuro demais prá ver
Me sinto até batendo
Na Porta do Céu...

Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu...

Mãe!
Guarde esses revólveres
Prá mim
Com eles nunca mais
Vou atirar
A grande nuvem escura
Já me envolveu
Me sinto até batendo
Na Porta do Céu...

Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu...

Oh! Oh!
Uh! Uh! Uh! Uh!
Uh! Uh! Uh! Uh!

Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu
Bate! Bate! Bate!
Na Porta do Céu...(2x)


Envie essa música para um amigo

Album: Antologia Acústica (1997)
Gravadora: BMG
Ano: 1997
Faixa: 19
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Sinônimos (Ao Vivo)
  • 02 Garoto de Aluguel
  • 03 A Terceira Lâmina
  • 04 Cidadão
  • 05 A Terceira Lâmina / Banquete de Signos (Ao Vivo)
  • 06 A Peleja Do Diabo Com O Dono Do Céu (Album Version)
  • 07 Os Doze Trabalhos De Hércules
  • 08 A Peleja De Zé Limeira No Final Do 2º Milênio
  • 09 Justiça Cega
  • 10 Avohai