Pablo

Refaz As Malas

Pablo

Ela fez as malas foi embora sem dizer adeus
Bateu uma deprê um calafrio o que fazer?
O frágil coração não vai aguentar

Pediu a guarda das crianças dividiu os bens
Minha vida virou do avesso disse
Que acabou o amor e que não terá mais volta

Me enganei em dizer que homem não chora
É uma combustão de sentimentos dói
Você é o remédio que vai me curar
E o sintoma é a solidão

Tenho muita saudade de nós dois juntinhos
Flash back das noites de carinhos
Ai como eu quero você de volta,
Volta serei feliz quando entrar por essa porta

Eu tô sofrendo tanto nem sei mais viver
O mundo gira e eu não aceito mais te perder
E de repente as lágrimas se incorporam
Já faz um mês e eu aqui perto da porta

Queria tanto acalmar meu coração
Trazer a tona o sentimento da paixão
Volta! refaz as malas que eu quero ti amar


publicidade