Pablo

Trapos e Farrapos

Pablo

Dez minutos que te deixei em casa
Já bateu a tal saudade, seu telefone toca
Fiquei com vontade, querendo te ver
Eu não consigo ficar sem você

Acredito que essa moça ainda me ama
Deve está nesse momento enrolada na sua cama
Vai passar a noite pensando em mim
Ficar um segundo sem você tá ruim

Sou como grude, tattoo ou chiclete
Como tampinha na garrafa pet
Tô decidido, vai acordar com meu pedido

Se tiver, trapos, farrapos, num sonho, o anel
Traga que eu prometo pra você cada dia lua de mel
Se tiver, trapos, farrapos, não importa, eu aceito
Traga que eu prometo pra sempre te guardar
Aqui dentro do peito...



publicidade