foto

Teu Disfarce

Nelson Gonçalves

Para que esperar tanto tempo
Um momento que certo advir
Não és santa e eu não sou santo
Sendo assim para que resistir
Já é tempo de atar nossos laços
A espera aumenta o desejo
Que eu sinto de um dia em teus braços
Magoar tua boca num beijo
Não sejas tão covarde
Porque tanto esperar
Eu sei que cedo ou tarde
Alucinada vai dizer
Aqui tens minha boca
Arranquei meu disfarce
Nessa vontade louca de te pertencer.

compositores: ESPOLIO DE ADELINO MOREIRA DE CASTRO
publicidade
publicidade