foto de Nelson Gonçalves

Vitrine

música e letra

Nelson Gonçalves

Que gracioso e sutil
Num magazan da cidade
Numa vitrine infantil
Um manequim de verdade

O seu olhar endeusado
É um convite ao amor
Pois tinha a cor do pecado
Se é que pecado tem cor

Quando a vi na vitrine
Do magazine tal qual manequim
Floriu em mim o desejo
De lhe dar um beijo
Ardente e sem fim

Moço loucura não faça
Não quebre a vidraça
Ouviu meu senhor

Mas não segui seu conselho
Quebrei o espelho
Sedento de amor

Quando a vi na vitrine
Do magazine tal qual manequim
Floriu em mim o desejo
De lhe dar um beijo
Ardente e sem fim

Moço loucura não faça
Não quebre a vidraça
Ouviu meu senhor

Mas não segui seu conselho
Quebrei o espelho
Sedento de amor