foto

Escola Da Vida

Maria Eugênia

Se pesar na balança o que sei
e o que não sei, devo entander
que eu não sei de nada
Se medir a esperança que não
mandei, com certeza é longa a
caminhada
Se buscar na memória o que não
lembrei, há recheios de uma
história encantada
Se buscar o que não desperdicei
é o que doei, semente plantada
Se buscar na aliança as cores
que pintei, meu arco-iris
precisa da aágua
Se buscar o que determinei
minha vida será lembrada

Querer do que não dei, é
garimpar no escuro
Buscar na semente que plantei
é esse o quintal do futuro
Querer do que não dei, é
garimpar no escuro
Buscar na semente que plantei
é esse o quintal do futuro

A escola da vida tem seu prumo
Todos são professores
Todos são alunos
A escola da vida vida é peneira
fina quem sabe aprender
também ensina
Guardar no coração se não gostei
será preciso limpar a casa
conhecenso perdão eu encontrei
apagando no peito uma brasa
Diamante não dá flôr d'água
sabedoria não é tão rasa
Vivendo me resgatando, encontrando
com minhas asas,

Querer do que não dei, é
garimpar no escuro
Buscar na semente que plantei
é esse o quintal do futuro
Querer do que não dei, é
garimpar no escuro
Buscar na semente que plantei
é esse o quintal do futuro

publicidade
publicidade