foto

Invejosa

Maglore

Acordo tarde o dia ainda é claro
Muita coisa do passado
Que distrai a atenção
Arrumo a mala e já não penso em nada
Dia de pegar a estrada
De olhar a contramão
E a contramão parece uma lembrança
Que se perde muita coisa
Muita coisa é pra se perder

Hoje eu me sinto bem mais forte
Minha dor já virou sorte
Vou buscando proteção
Pra dar de pau em moleque
Eu não desvio do caminho
Mesmo se estiver sozinho
Guardo força pra amanhã

O tempo às vezes é muito amigo, muito claro
Os amigos já são raros
Mas me levam pela mão
Se perde muito tempo em busca da felicidade
Mas viver só de saudade
Nunca foi nenhuma solução

Hoje eu me sinto bem mais forte
Minha dor já virou sorte
Vou buscando proteção
Pra dar de pau em moleque
Eu não desvio do caminho
Mesmo se estiver sozinho
Guardo força pra amanhã

publicidade