foto

Mas É Cada Uma!

Luiz Caldas

Ao redor do buraco tudo é beira
Como disse numa prosa Suassuna
Gente chata que só fala besteira
É pior que espinho de Pinauna

Tem o chato que já chega se metendo
Num assunto que nem sabe o que é
Numa viagem de carro ou de avião
Ele me aconselha ir a pé

Numa viagem de carro ou de avião
Ele me aconselha ir a pé

Larga do meu pé, ô Mané
Larga do meu pé
Sempre a mesma ladainha
Como a vida é minha
Eu faço o que quiser

Larga do meu pé, ô Mané
Larga do meu pé
Sempre a mesma ladainha
Como a vida é minha
Eu faço o que quiser

Se intromete em minha vida e dá palpite
Sobre roupa, cabelo, e palavreado
Vive de butuca no que eu faço
Fofoqueiro, safado e mal criado

Nunca vi um cabra mais curioso
Dissimulado, besta e irritante
Nunca mantém a boca fechada
Parece uma matraca de falante

Nunca mantém a boca fechada
Parece uma matraca de falante

Larga do meu pé, ô Mané
Larga do meu pé
Sempre a mesma ladainha
Como a vida é minha
Eu faço o que quiser

Larga do meu pé, ô Mané
Larga do meu pé
Sempre a mesma ladainha
Como a vida é minha
Eu faço o que quiser

Sempre a mesma ladainha
Como a vida é minha
Eu faço o que quiser
publicidade