foto

Rosa do Morro (feat. Roberta Estrela D'Álva)

Inquérito

A vida é igual um livro,
Só depois de ter lido é que sabemos o que encerra
E nós quando estamos no fim da vida é que sabemos como a nossa vida decorreu
A minha até aqui tem sido preta,
Preta é a minha pele,
Preto é o lugar onde eu moro

Pele escura, pé rachado
Filho nos braços, lata na cabeça
Sobe a ladeira Dona Rosa
A Rosa do Morro, a Rosa que é preta
Mas saiba você que nem tudo são flores
No jardim que ela vive
Tem miséria e tem crime
A polícia oprime
Mas é de lá que ela veio
É lá que ela vive
É de lá que ela gosta
Onde as casas são feitas de madeirite

[Refrão]
Rosa, Rosa, Rosa
Rosa do Morro, Rosa

Nos caminhos por onde passou
Ela viu rosas diferentes dela
Viu rosa branca, rosa vermelha
Até rosa amarela

Então ela se perguntava:
"Meu Deus, por que tanto a minha cor incomoda
Se nem todas as rosas são cor de rosa?"

[Refrão]

Quando percebi que sou poetisa fiquei tão triste
(Rosa do Morro, Rosa)
Há varias coisas belas no mundo que não é possível descrever
(Rosa do Morro, Rosa)
Será que a sorte do poeta negro é negra igual sua pele?
(Rosa do Morro, Rosa)
Quero ser livre igual ao Sol

Carolina Maria de Jesus
publicidade