foto

Entra No Clima - Para De Paradinha

Arlindo Cruz

Amiga, desliga esse papo de tristeza
Isola, faz figa, bate três vezes na mesa
Despacha a mandinga, manda embora a pururuca Agora que o samba esquentou
Tira esse grilo da cuca

Essa cara de quem ta carente
Não é condizente com tanta alegria
O samba ta quente
Armado o pagode
E você vem com essa de melancolia
Você sabe que o tempo não pára
Na verdade, amiga, o tempo voa
Vem pro samba, dá a volta por cima
E entra no clima que essa vida é boa

É boa, é boa, essa vida é muito boa
É boa, é boa, essa vida é muito boa

Esse jeito de quem ta sofrendo
Está destoando do nosso astral
Você assim ta feia, você assim vai mal
Abandona de vez esse pranto
Não fique no canto chorando à toa
Que apesar dos pesares, amiga
A vida é sofrida, mas ainda é boa

É boa, é boa, essa vida é muito boa
É boa, é boa, essa vida é muito boa

Se liga no papo, xará
Sem essa, você vai quebrar
Você vem com briga
Tem sempre uma intriga pra me pertubar
Não venha com esse caô
Que a vida foi feita pra amar
Segura tua barra e pára de marra
Pra não se atrasar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Quero dizer que para você pintou sujeira
Corre na cidade inteiro que o bicho vai pegar
Não vai chorar igual Maria Madalena
Vagabundo não tem pena de quem vive a vacilar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar (bis 4x)
publicidade