foto

Capim Da Lagoa

Paulo Diniz

(REFRÃO)
E o capim da lagoa, o viado comeu
E o viado comeu, o capim da lagoa

Agora mesmo tô pulando que nem sapo sem saber como é que eu faço da cantiga que vou dar
Oh desenrola desenrola carretel quem tá morto tá deitado e quem tá vivo tá em pé

REFRÃO

O canto é livre quando sai do coração desmancha confusão e não se permite leseira
Meu pai é de Poção mas eu nasci lá em Pesqueira muito pequenininho no pé da ribanceira

REFRÃO

Eu vou pro mato pego um pau faço um badoque pego a corda e dou um noque e vou pro mato farrear
Porca de porta espingarda baioneta nunca vi couro tão duro que nem couro de vaqueta

REFRÃO

Ai que calor, meu bem ai que calor, mamãe ai que calor, calor, calor da vaquejada (2x)

REFRÃO
publicidade
publicidade