Voz do grupo Kaoma é encontrada morta em carro incendiado

, 11h02, por Alexandre Murari
Divulgação

Destaque da lambada nos anos 1980, a cantora Loalwa Braz, do grupo Kaoma, foi encontrada morta dentro de um carro incendiado em Saquarema, no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira, 19.

→ Ouça Kaoma

Segundo as polícias Militar e Civil, o veículo estava na Estrada da Barreira, no distrito de Bacaxá. A 124ª Delegacia de Polícia investiga o caso. O corpo da artista ainda não chegou no IML local.

→ Após caso de racismo, Marcão é demitido da TV Record

O comandante Leonardo Couri, do Corpo de Bombeiros, afirma que sua equipe atendeu uma chamada para combater um incêndio em uma residência por volta das 3h40. Há suspeitas que a casa é da cantora, porém tal informação ainda não foi confirmada pela polícia ou bombeiro.

Contudo, ainda de acordo com Leonardo, enquanto a equipe realizava o primeiro atendimento, um segundo chamado foi feito: "Era para conter as chamas que consumiam um carro. Dentro do automóvel a equipe identificou que havia um corpo carbonizado e a perícia foi acionada. Foi tudo muito rápido".

Quanto às suspeitas do crime, a Polícia Militar revelou que dois homens foram vistos na residência de Loalwa, que fica perto do local onde o carro foi encontrado. Ainda não há informações que ligam o incêndio da residência à morte da cantora.

Vale lembrar que, ao lado do grupo Kaoma, Loalwa emplacou vários hits, entre eles a faixa "Chorando Se Foi", além de apresentar seu trabalho em mais de 110 países ao longo de vinte anos.

Fonte: G1