Um dos processos de Marilyn Manson sobre abuso sexual é rejeitado

, 11h54, por Amanda Ramalho
Divulgação Instagram Marilyn Manson @marilynmanson

As acusações feitas em maio deste ano por Jane Doe, ex-namorada de Marilyn Manson, no qual afirmavam que teria sido estuprada e que o músico a ameaçou de morte em 2011, foram rejeitadas.

De acordo com a NME, a justiça disse que as alegações não são "suficientemente sólidas para que o processo possa avançar". Jane agora terá mais 20 dias para acrescentar detalhes ao processo.

Vale lembrar que o roqueiro ainda tem mais três processos abertos, no qual é acusado de abusos sexuais, agressões e assédio, entre outros crimes. As acusações são de uma ex-assistente, da atriz Esmé Bianco e pela modelo Ashley Morgan Smithline.

Fique por dentro de tudo o que rola no mundo da música. Curta nossa página no Facebook!