foto

Nota De Cem

Nelson Gonçalves

Quem nasceu pra centavo
Nunca chega na vida cruzeiro
Eu já fui teu escravo
Conheci o cativeiro

Felizmente afinal me libertei
Quem esquece perdoa
É da vida querida, é a lei

Quase morri de saudade
Mas resisti é verdade
Pois te conhecia bem

Eu sabia, todo mundo sabia
Que tu não valias meu bem
Uma nota de cem
publicidade