Ontem, arranquei teu retrato da moldura
Rasguei-o todo em pedacinhos
E atirei-os para o chão

Doeu, meu coração hoje ao despertar bem cedinho
Juntei pedacinho a pedacinho, colei, pedaço aqui
Pedaço ali e novamente consegui o teu sorriso inteirinho

Ontem, naquele meu estado d'alma, não pude mais
Perdi a calma e ao te retrato quis dar fim
Hoje porém, que a borrasca passou
Teu retrato ao seu lugar voltou e está sorrindo para mim...

publicidade