Martinho Da Vila

Andei Para Curimá

Martinho Da Vila

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei para curimá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei

Numa noite tão vazia
Sem destino pus-me a andar
Procurando uma curiema
Pra meu santo sarava

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei para curimá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei

Na Bahia eu encontrei
Em Sant'Ana um congar
Preto Velho me falou
Que eu era filho de Oxalá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei para curimá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei

Virgem minha nossa senhora
Me dá meu rosário que eu quero reza
Implorando proteção
Pra todo santo me ajuda

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei para curimá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei

Tijuseré reza forte
Me ensina uma oração
pra no juízo final
eu conseguir a salvação

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei para curimá

Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei
Andei andei, andei andei andei...

publicidade