foto

Que os Dois Sejam Um

Luiz Caldas

Quando me perco
Procuro um alguém pra me ajudar
Que tenha no canto
A doçura e o encanto que possa alegrar

O tempo da alma
Depende da calma e do que desejar
Não seja tão sério
Não faça mistério deixa como está

Quando eu me encontro
Divido com alguém o que quero somar
Escuto o seu canto
Sirvo de acalanto na beira do mar

O vento que espalha
Um amor que valha a pena amar
Um ser consciente
Que queira pra gente o melhor que há

Um que seja os dois
E que os dois sejam um
Não deixar pra depois
Pois não terá amor nenhum

Um que seja os dois
E que os dois sejam um
Não deixar pra depois
Pois não terá amor nenhum
publicidade
publicidade