Dona do Meu Destino

Leonardo

Quando a tarde cai, eu olho da janela pessoas passando
Fico esperando e me vem na lembrança seu último beijo
Eu nunca mais tranquei a porta desde que saiu
Eu nunca mais fechei meus olhos pra dormir
Tudo ficou triste sem você nesse vazio
Eu choro, choro, eu choro

A noite chega e traz a luz do seu olhar na lua
Alcanço as estrelas e volto a ser menino
Se for preciso eu te espero mais 500 anos
Por toda minha vida
Você é meu destino
Dona, dona do meu destino

Assim vou vivendo
Levando na raça, sigo o meu instinto
Olhos rasos d'água com sede de amor
E o coração faminto
Da mesma janela que eu te vi partir
E que eu fiquei chorando
Caído de amor
Em qualquer fim de tarde
Estarei te esperando

Eu nunca mais tranquei a porta desde que saiu
Eu nunca mais fechei meus olhos pra dormir

A noite chega e traz a luz do seu olhar na lua
Alcanço as estrelas e volto a ser menino
Se for preciso eu te espero mais 500 anos
Por toda minha vida
Você é meu destino
Dona, dona do meu destino

Assim vou vivendo
Levando na raça, sigo o meu instinto
Olhos rasos d'água com sede de amor
E o coração faminto
Da mesma janela que eu te vi partir
E que eu fiquei chorando
Caído de amor
Em qualquer fim de tarde
Estarei te esperando


capa do álbum Bar do Leo de Leonardo
Album: Bar do Leo
Gravadora: Talismã Administradora de Shows e Editora Musical Ltda.
Ano: 2016
Faixa: 10