Joanna

Treze de Maio

Joanna

A treze de maio na cova da íria,
No céu aparece a Virgem Maria.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

Há três pastorinhos, cercada de luz,
Visita a Maria, mãe de Jesus.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

A mãe vem pedir constante oração,
Pois só de Jesus vem a salvação.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

Da agreste azinheira a Virgem falou,
E aos três a senhora tranquilos deixou.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

Então da Senhora o nome indagaram,
Do céu a mãe terna bem claro escutaram.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

Se o mundo quiserdes da guerra livrar,
Fazei penitência de tanto pecar.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

A Virgem lhes manda o terço rezar,
A fim de alcançarem da guerra o findar.
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!

Com estes cuidados a mãe amorosa,
Do céu vem os filhos salvar carinhosa
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!
Ave, ave, ave Maria!
publicidade