Hot e Oreia

Ela Com P

Hot e Oreia

– Ah, para
– Ah, para você

Pisciana, paladar de piscina
Apreciando a persiana
Pensando em partir pra Pipa
Pense, Ana, repense
Passamos por péssimas
Somos pessoas positivas
Percebi pessimismo
'Cê passou pesquisando
Meu passado de poeta
Pagodeiro e pegador
Parecia possuído
'Cê passou, foi piscando
Me passei por um poeta
Bem pago e pensador
Sou prego, sou praga
Vou pregar a partitura
Da sua perna na parede
No meu porta-poesia
Perfurou pensamento, pirei parafuso
Perdi a postura, pulei na putaria
Pode mе pôr num pote
Num pode pôr pó? Me poupе
Poder pras parteira, pras pioneira
Pra poder parir, pra ir pra Paris
Pra eles parar de pensar que a pauta é pobre
Partiu pro paraíso
Parido para isso
A sua posição me pôs no prejuízo
Essa potência, pô
Essa potranca, pô
São de princesas que passeiam pelo país
Ela é uma pavoa pronta pra voar
Pelos pubianos, num pode podar suas penas
Não há parâmetros para a paixão
Peguei a própria prima, não preocupa o parentesco
Prenda-me se puder
Pichador, partideiro
Pianista, pamonheiro
Não paga pau pra polícia
Posto o que puder
Pago meu pandeiro
Se é paty ou se é punk
Prefere um pivetin'
publicidade