Elis Regina

Bala Com Bala

Elis Regina

A sala cala e o jornal prepara quem

Está na sala

Com pipoca e bala e o urubu sai

Voando, manso

O tempo corre e o suor escorre,

Vem alguém de porre

E há um corre-corre, e o mocinho,

Chegando, dando

Eu esqueço sempre nesta hora,

Linda, loura

Minha velha fuga em todo

Impasse

Eu esqueço sempre nesta hora,

Linda, loura

Quanto me custa dar a outra

Face

O tapa estala no balacobaco, e é bala

Com bala

E é fala com fala, e o galã se espalhando,

Dando

No rala-rala, quando acaba a bala, é faca com faca

É rapa com rapa, e eu me realizando,

Bambo

Quando a luz acende é uma tristeza,

Trapo, presa

Minha coragem muda em

Cansaço

Toda fita em série que se preza, dizem,

Reza

Acaba sempre nomelhor

Pedaço
publicidade