Me Belisca / Santo Forte (Ao Vivo)

Dilsinho

Toda arrumada, quando sai de casa
Você fica linda
De cara amassada, descabelada
Aí é covardia

Como faz pra ganhar esse seu sorrisão
Me diz, que eu faço todo dia
Eu sempre falei que o amor não existia
Aí você vem pra mudar a vida advinha de quem?
A minha

Ouoooo
Me Belisca porque eu devo estar sonhando
Você chegou tão de repente, eu já te amo
Eu te faço bem, você também me quer
E já me chama de amor

Ouoooo, Ouoooo
Me Belisca porque eu devo estar sonhando
Você chegou tão de repente, eu já te amo
Mas pensando o que é que tem
Melhor deixar do jeito que está
Se for um sonho, eu não quero acordar


Foi embora ontem era meia-noite
Meteu o pé deixou o vinho na metade
Tá vacilando em deixar a minha cama vazia
Tá abrindo concorrência pra cidade

Se pra você deixei de ser
Tão importante
Não me olha mais como antes
Eu que devo ser
Culpado e não você
Que vi amor onde era só prazer

Eu sei que o tempo vai passar
Bocas vão rolar
Mas do jeito que seu santo é forte
Ninguém vai me amar
Eu vou voltar atrás só pra matar vontade
Ficar sem você dói mais...

Eu sei que o tempo vai passar
Bocas vão rolar
Mas do jeito que seu santo é forte
Ninguém vai me amar
Eu vou voltar atrás só pra matar vontade
Ficar sem você dói mais do que ter só metade
publicidade