Diamante Verdadeiro

Caetano Veloso

Nesse universo todo de brilhos e bolhas
Muitos beijinhos, muitas rolhas
Disparadas nos pescoços das Chandon
Não cabe um terço de meu berço de menino
Você se chama grã-fino e eu afino
Tanto quanto desafino do seu tom
Pois francamente meu amor
Meu ambiente é o que se instaura de repente
Onde quer que chegue, só por eu chegar
Como pessoa soberana nesse mundo
Eu vou fundo na existência
E para nossa convivência
Você também tem que saber se inventar
Pois todo toque do que você faz e diz
Só faz fazer de Nova Iorque algo assim como Paris
Enquanto eu invento e desinvento moda
Minha roupa, minha roda
Brinco entre o que deve e o que não deve ser
E pulo sobre as bolhas da champanhe que você bebe
E bailo pelo alto de sua montanha de neve
Eu sou primeiro, eu sou mais leve, eu sou mais eu
Do mesmo modo como é verdadeiro
O diamante que você me deu.

Envie essa música para um amigo
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Maluco Beleza
  • 02 Podres Poderes
  • 03 Chuvas De Verão
  • 04 Meia Lua Inteira
  • 05 Mora Na Filosofia
  • 06 Dom De Iludir
  • 07 Tiranizar
  • 08 Tigresa
  • 09 Você é Linda
  • 10 Você Não me Ensinou a te Esquecer