Chuvas De Verão

Caetano Veloso

Podemos ser amigos simplesmente
Coisas do amor nunca mais
Amores do passado, do presente
Repetem velhos temas tão banais
Ressentimentos passam como o vento
São coisas de momento
São chuvas de verão

Trazer uma aflição dentro do peito
É dar vida a um defeito
Que se extingue com a razão
Estranha no meu peito
Estranha na minha alma
Agora eu tenho calma
Não te desejo mais

Podemos ser
Amigos simplesmente
Amigos, simplesmente
E nada mais

Podemos ser
Amigos simplesmente
Amigos, simplesmente
Nada mais

Trazer uma aflição dentro do peito
É dar vida a um defeito
Que se extingue com a razão
Estranha no meu peito
Estranha na minha alma
Agora eu tenho calma
Não te desejo mais


Envie essa música para um amigo

A Bossa De Caetano
Album: A Bossa De Caetano
Gravadora: Universal Music International Ltda.
Ano: 2005
Faixa: 7
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Você Não me Ensinou a te Esquecer
  • 02 London London
  • 03 Sozinho
  • 04 Atiraste Uma Pedra
  • 05 Lingua
  • 06 Não Enche
  • 07 Minha Mulher
  • 08 Jorge De Capadocia
  • 09 Escândalo
  • 10 Chega De Saudade