Belo

Pedacinhos (Bye Bye so long) / Um dia, Um adeus (Ao Vivo)

Belo

Pra que ficar juntando os pedacinhos
Do amor que se acabou
Nada vai colar, Nada vai trazer de volta
A beleza cristalina do começo
E os remendos pegam mal, Logo vão quebrar
Afinal, a gente sofre de teimoso
Quando esquece o que é prazer

Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer

Pra que tornar as coisas tão sombrias
Na hora de partir, Por que não se abrir?
Se o que vale é o sentimento
E não palavras quase sempre traiçoeiras
E é bobeira se enganar, Melhor nem tentar
Afinal, a gente sofre de teimoso
Quando esquece do prazer

Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer
Bye bye so long farwell
Adeus também foi feito pra se dizer (2x)


Só você pra dar a minha vida direção
O tom, a cor, me fez voltar a ver
A luz, estrela do deserto a me guiar
Farol no mar, da incerteza

Um dia um adeus, eu indo embora,
Quanta loucura por tão pouca aventura
Agora entendo, que andei perdido
O que que eu faço, pra você me perdoar

Ah que bom seria se eu pudesse te abraçar
Beijar, sentir como a primeira vez
Te dar o carinho que você merece ter
Eu sei te amar, como ninguém mais

Ninguém mais, como ninguém jamais te amou
Ninguém jamais te amou, te amou,
Ninguém mais como ninguém jamais te amou,
Ninguém jamais te amou como eu ou você


publicidade