Eu não quero nunca mais
Ver os seus olhos cansados,
Ver os seus olhos molhados
de chorar, pois quem te ama
Sou eu!

E por essa estrada escura,
Quem você tanto procura
Te procura há tanto tempo,
Mas você nem acredita
Sou eu, sou eu!

Por mais que você me evite,
Por mais que não acredite,
Quem não pode ficar longe
de você nem um minuto
Sou eu!

Não procure andar sozinha,
Não fuja do meu caminho,
Ele é feito de tristeza,
Mas só quem anda por ele,
Sou eu!

Já fazia muito tempo,
Que eu te amava em segredo,
Preferi sentir saudade,
Hoje eu digo que te amo,
Você diz: não é verdade!

Mas se existe alguém que chora,
Que te chama a toda hora,
Pode crer, não é mentira
o que eu vou dizer agora:
Sou eu!

Gosto muito do seu canto,
Mas é tão lindo o seu pranto,
Só não gosto de saber
Que o motivo disso tudo,
Sou eu, sou eu, sou eu!

Não procure andar sozinha,
Não fuja do meu caminho,
Ele é feito de tristeza,
Mas só quem anda por ele
Sou eu!

Já fazia muito tempo
Que eu te amava em segredo,
Preferi sentir saudade,
Hoje eu digo que te amo,
Você diz: não é verdade!

Mas se existe alguém que chora,
Que te chama a toda hora,
Pode crer, não é mentira,
o que eu vou dizer agora:
Sou eu!

Eu gosto muito do seu canto,
Mas é tão lindo o seu pranto,
Só não gosto de saber
Que o motivo disso tudo
Sou eu, sou eu!
Sou eu, sou eu!
Sou eu, sou eu!
Sou eu...

publicidade