Amado Batista

Madrugada Na Cidade (feat. Moacyr Franco)

Amado Batista

Madrugada, a cidade dorme
E eu só, muito só
Pensando em você

Olho a rua, da minha janela
Tão deserta, sem ninguém
Assim como eu

O clarão da cidade
Ilumina o meu rosto
Mas não clareia a penumbra
Desta solidão
Você era a estrela
Que brilhava em minha vida
Fugiu de mim e deixou no escuro
O meu coração

Acorde amor, vem pra mim
Vem me amar
Sai dessa cama onde você está
E vem dormir no meu corpo
Que está em chamas

Vista uma roupa que estou te esperando
Sinta por dentro quem está te amando
Cuida um pouco de mim
Me ama
publicidade