No Vento (Ao Vivo)

Zizi Possi

É como o vento e te leva
Sempre pra longe demais
E quando chego, olho, e não estás.
Foi minha vinda tardia
Que te fez se despedir,
Ou eu não soube chamar por ti?

É como o tempo passando
Sempre corre tão veloz
Que a gente não tem certeza mais
Do que mora no passado,
Se foi real, se não foi.
É a saudade a envelhecer de ti.

Achei que o vento virasse
E te trouxesse pra mim.
Às vezes acho que já passou, e fim.
É a tua falta que bate
E quem me tira do chão.
Vento passando entre minhas mãos.