foto

Alameda de Sonho

Zélia Duncan

Todo dia no por do sol uma estrela me vem
Quando é dia de baixo astral meu amor me faz bem
Tem veneno me fazendo mal meu remédio é você
Meu sal

Quando falta o fundamental desapego pra ver
Se a tristeza tá na geral quero mais é torcer
Se o destino é de pedra e cal deseperar pra quê?
Pra quê?

E mesmo que no fim dessa avenida me esqueçam
O mundo vai rodar dentro de mim com certeza
Divino é ver meu sonho iluminando a alameda

A alameda de sonho ser feliz vale a pena
Vale a pena divino é ser feliz vez enquando
A alameda de sonho ser feliz vale a pena
Vale a pena divino é ser feliz até de vez enquando

Todo dia no por do sol uma estrela me vem
Quando é dia de baixo astral meu amor me faz bem
Tem veneno me fazendo mal meu remédio é você
Meu sal

Quando falta o fundamental desapego pra ver
Se a tristeza tá na geral quero mais é torcer
Se o destino é de pedra e cal deseperar pra quê?
Pra quê?

E mesmo que no fim dessa avenida me esqueçam
O mundo vai rodar dentro de mim com certeza
Divino é ver meu sonho iluminando a alameda

A alameda de sonho ser feliz vale a pena
Vale a pena divino é ser feliz vez enquando
A alameda de sonho ser feliz vale a pena
Vale a pena divino é ser feliz até de vez enquando

Todo dia no por do sol uma estrela me vem
Todo dia no por do sol
publicidade