Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho

Samba, Pagode

Um Dos Poetas Do Samba

Zeca Pagodinho

Peço licença aos que já se foram
Para dizer que também sou
Um dos poetas do samba
Dizem que sou um marginal
Por andar por aí
Vagando em frases musicais
Às vezes fico embriagado
Cantando sambas divinais
Preste atenção, porque
Eu tenho muito pra ensinar, mas deixo estar
Eu sou apenas defensor
De uma cultura popular
Peço licença aos que já se foram
Para dizer que eu também sou
Um dos poetas do samba
Que também sou
Um dos poetas do samba
Seja qual for o lugar
Vocês hão de me ver
Eu cumpro um sério dever
Sou defensor do samba popular
Hei de estar aqui
Ali ou em qualquer recanto
E vocês hão de ver
E ouvir O meu canto
Sabe Deus até quando
Eu desaparecer
Até quando eu desaparecer


Um dos Poetas do Samba
Album: Um dos Poetas do Samba
Gravadora: RCA Records Label
Ano: 2008
Faixa: 12
  • publicidade