Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho

Samba, Pagode

Tempo De Don Don

Zeca Pagodinho

TEMPO DE DON-DON
Ai no tempo!
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
Nossa vida era mais simples de viver
De viver
Não tinha tanto misere, nem tinha tanto ti ti ti
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
Propaganda era reclame, ambulância era dona assistência,
Mancada era um baita vexame, e pornografia era só saliência
Sutiã chamava porta-seio, revista pequena gibi (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
Refrão
Rock se chamava Fox, tiete era moça fanática,
O que hoje se diz que é xerox, se chamava então de cópia fotostática
Motorista era sempre chofer, cachaça era parati (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
Refrão
22 era demente, minha casa era meu bangalô,
Patamo era socorro urgente e todo cana dura era investigador
Mulato esticava o cabelo, mulher fazia misampi (i)
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
No tempo que Don-Don jogava no Andaraí
Refrão


Patota do Cosme
Album: Patota do Cosme
Gravadora: Som Livre
Ano: 1987
Faixa: 4
  • publicidade