Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho

Samba, Pagode

Santa Paciência - Bamba De Berço

Zeca Pagodinho

Tenha santa paciência, oh nega
Porque pra vencer tem que lutar
Você já não age com prudência
Clemência, quem vai querer te ofertar?

Você já não age com prudência
Clemência, quem vai querer te ofertar?

Se na tua consciência
Tivesse sossego
Tu me tratarias com todo chamego
Com medo do apego
Entre nós se acabar

Se não houvesse vingannça
Na nossa aliança
Quem sabe um dia essa
Velha esperança
Por perseverança
Viesse a vingar (2x)

Tenha santa paciência, oh nega
Porque pra vencer tem que lutar
Você já não age com prudência
Clemência, quem vai querer te ofertar?

Você já não age com prudência
Clemência, quem vai querer te ofertar?


Escorreguei não caí
Consegui me segurar
Sou bamba de berço
E não posso vacilar

Se não bate palma
Não canto o refrão
De repente merece
O meu perdão
Mas saiba você que
Jamais irá me derrubar (2x)

Gosto de samba de roda
De partido alto
Samba de terreiro
Com muito orgulho
Eu sou partideiro
Trago o samba no coração
Também jogo capoeira
E lá na ribeira
Eu pisei de mansinho
Mas modéstia à parte
Eu já fui miudinho
No meio da roda
Sem cair no chão (2x)

(Repete tudo a partir de "Escorreguei não caí...")

Escorreguei não caí
Consegui me segurar
Sou bamba de berço
E não posso vacilar

Se não bate palma
Não canto o refrão
De repente merece
O meu perdão
Mas saiba você que
Jamais irá me derrubar. (4x)
  • publicidade