Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho

Samba, Pagode

Sambou... Sambou

Zeca Pagodinho

Sambou, sambou, não descansou
Ficou zangada quando o dia clareou
Eu nunca vi sambar assim
Gosta do samba muito mais do que de mim

Ouviu bater o tamborim
Não quis mais saber de cha-cha-cha
Pra rock e twist ela diz não
Porque gosta mesmo é de sambar

Sambou, sambou, não descansou
Ficou zangada quando o dia clareou
Eu nunca vi sambar assim
Gosta do samba muito mais do que de mim

Sambou, sambou, não descansou
Ficou zangada quando o dia clareou
Eu nunca vi sambar assim
Gosta do samba mas um dia vai ter fim
  • publicidade