Zeca Pagodinho

Zeca Pagodinho

Samba, Pagode

Pisei Num Despacho

Zeca Pagodinho

Desde o dia em que eu passei
Numa esquina pisei num
Despacho
Entro no samba e meu corpo tá duro, vem que eu procuro
A cadência e não acho
Meu samba, meu verso apesar do sucesso
Há sempre um
Porém
Vou a gafieira fico a noite inteira e no fim não dou
Sorte com ninguém

Refrão

Mas eu vou num canto, vou num pai de santo pedir
Qualquer dia
Que me dê um despacho, um banho de erva e uma guia
Tenho aqui um endereço um senhor que eu conheço me deu
Há 3 dias
O mais velho é batata diz tudo na exata, é uma casa em
Caxias



Album: Acústico MTV (2006)
Gravadora: Universal Music
Ano: 2006
Faixa: 2
  • publicidade