Rio Paraíba

Zé Ramalho

O tempo corre mais ligeiro
O calendário resumiu-se a quase um mês
Pelo rio paraíba, viajei de vez

Essa corrente não me dilacera
Nem desespera, só faz navegar
No meio desse contratempo
No desatento voto popular

São teias desse tempo louco
São veias descem no pescoço
São vagas descem do caminho
Para atravessar
São vagas descem do caminho
Para atravessar

O tempo corre mais ligeiro
O calendário resumiu-se a quase um mês
Pelo rio paraíba, viajei de vez

Descendo o rio cansado da terra
Da minha guerra bem particular
No meio desses amazonas
De todas zonas águas a rolar

São teias desse tempo louco
São veias descem no pescoço
São vagas descem do caminho
Para atravessar
São vagas descem do caminho
Para atravessar.

Envie essa música para um amigo

Sinais dos Tempos
Album: Sinais dos Tempos
Gravadora: Avôhai Music
Ano: 2012
Faixa: 11
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Avohai
  • 02 Sinônimos (Ao Vivo)
  • 03 Kriptonia
  • 04 Justiça Cega
  • 05 Entre A Serpente E A Estrela
  • 06 Admiravel Gado Novo
  • 07 Garoto de Aluguel
  • 08 Chão de Giz (part. Elba Ramalho)
  • 09 A Terceira Lâmina
  • 10 Chão De Giz