foto

A Fonte

Xote Santo

Existe um rio que insiste em corre
Mesmo sofrendo ele insiste em banha
O meu nordeste coração do meu sertão
O velho Chico sempre vem nos visita

E muita gente deste rio quer beber
Pois o açude já secou lá no sertão
O sertanejo tá cansado de esperar
Mais essa sede a água não vai saciar

Quem beber da água viva que Deus quer lhe dar
Nunca mais voltará a ter sede
Pois esse rio jamais vai secar

É Jesus a fonte inesgotável de amor
Meu coração seco ele já banhou
E a sua vida ele quer regar


publicidade