foto

Virgem (Acústico)

Xamã

Escrevi seu nome num bloco de notas
Acho que deixei dentro da gaveta
Na mini maleta dentro do meu coração
Foi a quinta vez que eu te vi fechar a porta
Você tava usando a camiseta
Com uma frase de para-choque de caminhão

Eu reparo em tudo, eu ouço mudos
Eu leio cartas, eu pulo muros
Eu beijo gatas que eu nem divulgo
Quer apostar que eu tenho um boneco voodoo
De você? ê, ê
E ele é o meu plano B, ê, ê
Eu tenho até um plano C, baby, baby

Mas tu é maluca, maluca
Maluca demais
É que essa música maluca
Me deixa na dúvida demais

Vem bater neurose, disse que não volta
Sempre é uma estratégia na cabeça
Pra fazer o mundo comer na sua mão
Xinga, bate e chora, disse que me odeia
E que ninguém manda na sua b*****
Me apelidou com dezessete palavrão

Eu canto tudo, eu danço tudo
Eu leio mapas, eu crio mundos
Não sei se sacas meu ego burro
Quer apostar que eu escrevi isso tudo
Pra você? ê, ê
Eu trouxe um sol pra você, ê, ê
Só esqueci de acender, baby
Me empresta o seu isqueiro aê

Mas tu é maluca, maluca
Maluca demais
É que essa música maluca, maluca
Me deixa na dúvida demais

Escrevi seu nome num bloco de notas
Acho que deixei dentro da gaveta
Na mini maleta dentro do meu coração
publicidade
publicidade