Ouvir músicas de Walther Morais

Campeiro no Más

Walther Morais


Eu canto o Rio Grande por que nasci xucro
Na costa de mato no fundo de campo
Por isso meu canto tem marca campeira
Galpão e mangueira por que me garanto

Se falo em cavalo nos versos que rimo
É o parceiro que estimo pra farra e labuta
Eterno amigo de um guapo campeiro
Taura missioneiro sou da seiva bruta.

Pra cantar do pago falo dos cavalos,
chilenas, pealos, bocal e arreio
Da prenda lindassa que me alcança o mate,
no final da tarde depois que eu me apeio (2x)

A lida campeira é meu catecismo
Herança deixada por meus ancestrais
Por isso que eu sigo cantando o xucrismo
E amando o Rio Grande campeiro no mas

Trago a terra santa da minha Palmeira
Na sola da bota que arrasto no chão
Assim vou ao tranco tapeando sombreiro
De cima do arreio firmando o garrão

Pra cantar do pago falo dos cavalos,
chilenas, pealos, bocal e arreio
Da prenda lindassa que me alcança o mate,
no final da tarde depois que eu me apeio. (2x)


capa do álbum Levando o Sul Nos Arreios de Walther Morais
Album: Levando o Sul Nos Arreios
Gravadora: 2005 ACIT
Ano: 2018
Faixa: 2
  • publicidade