Vestígios de você,
Nos olhos luminosos de um bebê
Num veleiro no mar, um resto de canção
Num fio de luar, riscando a escuridão

Na chuva que vem fora da estação
Nas nuvens pelo céu, rebanhos de algodão
Que o vento leva em qualquer direção

Numa estrela que caiu,
No apito de um navio que partiu
Na calma de um jardim,
Nas plantas a crescer,
Nas águas quase azuis
De um ribeirão qualquer
No sol de todo dia há de viver

Em tudo que fizer,
Meu coração bater
O amor me faz achar
Vestígios de você
publicidade