Trac-Trac

Titãs e Os Paralamas do Sucesso

Não, não passa o tempo
Ao menos para mim
Tomo comprimidos
e sigo sem dormir

Vejo tantos portos,
não há onde atracar
Já não existem laços,
alguém cortou
Trac, trac, trac

Todos os perfumes,
todo aquele lugar
Todas as misérias
e tudo mais que há

Cada movimento
do sol sobre você
Cada móvel velho
e cada anoitecer
Yeah, yeah...

Dá-me tu amor,
solo tu amor
Solo dá-me tu amor
solo tu amor

Poucas garantias
há para nós dois
Nada neste mundo
tem tanto valor

Todos os vizinhos
parecem saber
E lançam seus olhares
sobre eu e você
Yeah, yeah...

Veio todo mundo,
a Rádio e a TV
Veio o comissário,
anjos do céu também

Todos querem algo,
sangue ou não sei quê
Em todo Universo
nada lhes dá mais prazer
Yeah, yeah...

Dá-me tu amor, solo tu amor
Solo dá-me tu amor


  • publicidade