foto

Carta De Coraçãozinho

Timbalada

Espreguiça, joaninha
Corre, avoa na janela
Deite na brisa do mar
Carta de coraçãozinho
Colorido com recado
Doce meu amor manda

É quando a tarde vem fazer sombreiro
Onde escrevi o nome dela num pezim de ingá
Pra ela balançar na rede
Que eu amarrei legeiro
Nó de marinheiro
Sustenta o sacolejar

Comvém te envaidecer
Rasguei seda pra te cobrir
De beijos que guardei

Pois quando a tarde vem fazer sombreiro...

Ê, ê, ê, joaninha
Voa, voa
Volta de tardinha
E traz ela pra cá

compositores: Moisés
publicidade
publicidade