foto

Última Vez

Tim Bernardes

Eu me lembro da última vez que eu te vi, já bem depois do fim
Outra fase
Já no tempo de quase esquecer, pós sofrer e entender
Liberdade
Quase a ponto de me perguntar se o que amei foi você
Ou foi só uma imagem

E foi chocante ver você de novo na minha frente
E o impacto de não ser tão diferente
E aquele monte todo de símbolos doidos que alguém
Para nós pode ser
e as tantas memórias que eu já nem lembrava de ter

Porque de repente a gente já estava
Conversando de novo, rindo um do outro
Ela então ficou séria outra vez e falou
"Cara, será que não sente nem mais um pouco?"
Sabe eu tento me manter durão pra esquecer
Mas eu sinto sim muita saudade de você

Ela riu da minha cara, eu ri da dela
O aperto no peito, a risada sincera
E a tímida intimidade de quem já não sabe
Se ainda conhece um ao outro
E a sensação de sentar outra vez nesse estranho conforto

E como a letra do som que tocava a gente riu, e riu e ria
Há quanto tempo eu não fico chapado, eu falei
Ela "viu? Bem melhor que bebida"
"Como é raro pra mim ficar tão à vontade assim com alguém hoje em dia"

"É que eu, você, nós dois já temos um passado" ela cantou e me puxou pro quarto
Olhos nos olhos, os dois pelados, abraçados juntos até o final
Pra depois descansar no meu peito
Meus dedos entre os seus cabelos, pele no lençol

A beatlemania, o indie, Os Mutantes, os cartões postais
As piadas internas, as pernas trançadas
Cansadas desse nunca mais todas as cicatrizes que você me fez
E as marcas tristes que eu deixei em você

E se antes ninguém chorava mais, agora chora todo mundo
E a gente se olhou fundo e fez mais uma vez
Por algum tempo, mas já sem chegar no final
Porque vai ficando doído mexer desse jeito no emocional

Acho que eu que fui tolo de achar que isso agora era só vontade do corpo
De pensar que a gente já tinha se superado, estava em outro ponto
E talvez não se deva mexer no que, até que enfim, está cicatrizando

"Já eu nem quis pensar", ela disse
"Eu quero apagar tudo isso
E eu só queria voltar pro lugar onde a gente parou antes de se perder no caminho
Eu não sabia mais como era fria a vida sem o seu carinho"

Mas mais triste é saber que sabemos que juntos também ficou frio
E se a melhor opção nessa história é ruim, como pode haver algum sentido?
E ela riu, pela última vez, e pulando em cima de mim falou
"Tamo tudo fudido"

Mas eu pelado e ela em cima de mim não fizemos mais nada além de silêncio
Por notar que nós dois já passamos por tudo, e no fundo, no fundo
Não sobrou mais nada pra gente

E talvez nem falar, nem chorar
Pois pra nós já passou até a despedida
Porque a gente sabe, e talvez sempre soube
Que só separados achamos saída
E que às vezes se escolhe entre amor e alegria na vida

Eu me lembro da última vez que eu te vi
Já bem depois do fim
Outra fase

compositores: Tim Bernardes
Enviada por paulo67


publicidade
publicidade