foto de Tião Carreiro e Pardinho

Canção Do Século

música e letra

Tião Carreiro e Pardinho

Nosso globo agitado
Cheio de ódio e vingança
Mas sobre a guarda divina
Será um mundo de esperança,
A tempestade de hoje
Vai ser um mar de bonança
Serpente será brinquedo
Nas mãozinhas das crianças.

Cadeia será escola
Favela vai ser cidade
Vai ser um lindo jardim
Um mundo todo sem grade,
A treva que cega o homem
Será a luz da verdade
Quem vive atirando pedra
Vai plantar a caridade.

Lá fora o sol despalece
A manhã vai renascer
Se teu destino escurece
Confia no amanhecer.

A salvação deste mundo
É honestidade e trabalho
A força do nosso Mestre
Faz no caminho um atalho,
No duro inverno da vida
A fé é grande agasalho
As mãos de Deus virou um lago
Num simples pingo de orvalho.

Pelo juízo final
Todos vão ter que passar
Na balança da verdade
Só o bom vai se salvar,
Quem segue o Livro de Deus
A pura lei da razão
Caminho que leva o homem
Ao porto da salvação.

Lá fora o sol despalece
A manhã vai renascer,
Se teu destino escurece
Confia no amanhecer.