O Comércio Do Amor

Teodoro & Sampaio

Na história do amor sou um pouco exagerado
Amo demais as mulheres e gosto de ser amado
Quando este mundo foi feito criaram esta beleza
Nos temos que dar valor a obra da natureza.

Por causa de uma mulher eu enfrento qualquer briga
Mulher é coisa sublime e razão da minha vida
Ter somente uma mulher eu acho pouco demais
Nos temos que proteger o que a natureza traz.

Todo homem neste mundo vive em função da mulher
Nasce, cresce e fica moço, casa queira ou não quer
Se eu pudesse eu casaria ao menos mais uma vez
No comércio de mulheres esta faltando freguês.

No comércio do amor a gente pode escolher
Eu entrei numa casa e não soube o que fazer
Entrei as sete da noite e sai só de manhã
Vi muita mulher bonita que fiquei meio tã-tã.

Agindo assim desse jeito as sou criticado
Por gente da língua quente que me chamam de gamado
Mais meu mundo mulher tá ficando alucinante
Quanto mais a gente tem nunca acha que é bastante.

Quando eu estiver morrendo vou chamar por quem me ama
Eu quero muitas mulheres ao redor da minha cama
Eu morrerei satisfeito com a minha missão cumprida
Por eu amar loucamente a coisa melhor da vida.


Envie essa música para um amigo

Album: Nos Braços do Mundo (1981)
Gravadora: Rça Candem
Ano: 1981
Faixa: 10
  • publicidade
  • Top Músicas
  • 01 Anel do Ido
  • 02 Mala Amarela
  • 03 O Pau Quebrou
  • 04 Á Buda
  • 05 Linguaruda
  • 06 Boate Azul
  • 07 Enchendo a Cara
  • 08 Menino Sapeca
  • 09 Água No Leite
  • 10 Quarto de Saudade